Skip to content

Personagem da semana: Gilles Villeneuve

11/11/2011
Gilles Villeneuve

Gilles Villeneuve

 

Seu filho, Jacques Villeneuve, foi campeão da Fórmula 1 em 1997, feito que não conseguiu realizar devido a um trágico acidente nos treinos do GP da Bélgica de 1982, que tirou sua vida. Mesmo com apenas 68 corridas e 6 vitórias em sua carreira na categoria, é considerado um dos maiores pilotos de todos os tempos, com uma habilidade incrível ao volante.

Ele começou a carreira no automobilismo disputando corridas de arrancada locais. Mas logo se cansou disso e começou a disputar corridas em circuitos, após conseguir sua licença de piloto. Com seu próprio carro, disputou o campeonato de Fórmula Ford em Quebec, ganhando 7 das 10 corridas. Nos anos seguintes disputou a Fórmula Atlantic. Venceu sua corrida de estreia em 1975 debaixo de muita chuva. Em 1976 e 1977 dominou os campeonatos americano e canadense.

Com isso, recebeu um convite para correr 5 provas na McLaren em 1977. Qualificou-se em 9º para sua primeira prova, fez a 5ª melhor volta da corrida e terminou em 11º, depois de ficar 2 voltas atrás devido a um problema de temperatura no motor. Nesta ocasião, um repórter disse “Se alguém estiver procurando um futuro campeão mundial, não há mais necessidade, basta olha para este jovem.”

 

Gilles Villeneuve controlando sua Ferrari em 1982

Gilles Villeneuve controlando sua Ferrari em 1982

 

Mesmo com esta atuação, a McLaren não pode continuar com Gilles, que recebeu convites da Wolf Racing e de um senhor chamado Enzo Ferrari, que ficou extremamente entusiasmado com o jovem canadense após testes com a Ferrari em Fiorano. Assim, ele correu o restante do campeonato de 1977 já pela escuderia italiana. Villeneuce teve atuações irregulares, abandonando muitas corridas, mas mesmo assim passou a ser visto como um talento incrível. Sua capacidade de guiar um carro em condições adversas foi comprovada no treino para o GP dos EUA em 1979, quando chovia torrencialmente. Ele marcou o primeiro tempo e seu companheiro de equipe, Jody Sheckter (campeão de 1979) foi o segundo colocado, 11 segundos atrás. 11 segundos!!!

Após ver seu companheiro de equipe ser campeão em 1979 correndo de forma mais regular, 1980 seria um ano de favoritismo para Gilles, depois da tremenda habilidade já demonstrada. Mas infelizmente o carro da Ferrari daquele ano era terrível, tinha problemas graves de aerodinâmica e nenhum dos dois pilotos foi capaz de resultados bons. O ano de 1981 já teve uma história diferente, o carro ainda tinha pouco dowforce mas muita velocidade em reta, Villeneuve mostrou novamente estar em outro nível, conseguindo duas vitórias com um carro muito complicado de pilotar.

Em 1982 a Ferrari fez um carro melhor e Villeneuve era visto como o grande favorito ao título. Com um início de ano promissor, a tragédia chegou na quinta corrida. O local era Zolder, grande prêmio da Bélgica. No treino classificatório, Gilles vinha em uma volta lançada quando encontrou o carro de Jochen Mass no caminho, muito mais lento. Sem tempo para desviar, acertou sua Ferrari na traseira do carro de Mass, decolando e depois se desintegrando no chão. O canadense foi lançado do carro preso ao banco e não resistiu aos ferimentos. Naquele momento acabava a história de um gênio das pistas, com sua pilotagem agressiva, beirando a loucura e demonstrando uma habilidade nunca antes vista. Certamente um dos maiores pilotos de todos os tempos, mesmo que os números não estejam à altura de sua capacidade.

 

 

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: