Skip to content

Personagem da semana: Giorgetto Giugiaro

05/01/2012
Giorgetto Giugiaro

Giorgetto Giugiaro

 

O italiano nascido na pequena província de Cuneo em 1938 começou a chamar a atenção com apenas 17 anos. Já estudava artes e desenho técnico há 3 anos, e ao apresentar alguns esboços de automóveis em uma exposição, foi chamado para fazer parte do Centro de Estilo da Fiat. Decidiu sair de lá aos 21 anos, pois percebeu que não havia muito potencial de crescimento. Então, em dezembro de 1959, assumiu um cargo importante no estúdio Bertone.

Durante os 5 anos que ficou na empresa, desenhou projetos importantes: Gordon-Keeble GT, BMW 3200 CS, Iso Grifo, Fiat 850 Spider, Fiat Dino, Aston Martin DB4 Jet, Ferrari 250 GT Bertone, Chevrolet Corvair Testudo, Alfa Romeo Canguro, Maserati 5000 GT e o Ford Mustang Bertone. Depois desse período, passou 2 anos como Diretor do Centro de Estilo e Desenho da Ghia, outra importante empresa italiana que projeta carros. Desta vez, foi responsável por carros como De Tomaso Mangusta, Maserati Ghibli, Iso Fidia, Isuzu 117 Coupe, Fiat 850 Vanessa e Oldsmobile Toronado Thor.

 

Chevrolet Corvair Testudo de 1963

Chevrolet Corvair Testudo de 1963

 

Depois da grande experiência adquirida e do nome já conhecido no mercado, Giugiaro decidiu abrir sua própria empresa, a Italdesign, em 1968. Continuou fazendo projetos de carros esportivos para marcas de prestígio, mas passou a se envolver também com projetos de carros mais populares, como o primeiro Volkswagen Golf. Da sua fundação até o final da década de 1980, a Italdesign usou o estilo “papel dobrado”, criado por Giugiaro, que se apresentava em carros com linhas retas e marcantes, muito funcionais, com ótimo aproveitamento de espaço e visibilidade acima da média. Além do Golf, já citado anteriomente, outros carros famosos seguiram este estilo, tais como: Fiat Uno, Lotus Esprit, Volkswagen Passat, Audi 80, BMW M1, DeLorean, Fiat Chroma, Maserati Quattroporte etc. Em 1978, Giugiaro apresentou um projeto que pode ser considerado revolucionário: o Lancia Megagamma. Ele pode ser considerado o precursor das minivans, tinha amplo espaço interno com apenas 4,31 m de comprimento em uma carroceria alta de desenho diferenciado. O carro foi elogiado pela Fiat, mas segundo Umberto Agnelli “era preciso coragem para produzi-lo”. Com isso a montadora italiana perdeu a chance de ser a pioneira neste novo nicho de mercado, já que as primeiras minivans lançadas foram a Nissan Praire (Japão), Dodge Caravan (EUA) e Renault Espace (França), cerca de dois anos depois do projeto de Giugiaro ser apresentado.

 

Lotus Esprit de 1972

Lotus Esprit de 1972

Volkswagen Golf de 1974

Volkswagen Golf de 1974

BMW M1 de 1977

BMW M1 de 1977

 

Da década de 1990 em diante os projetos ganharam linhas mais arredondadas e Giugiaro continuou sendo o mago nos desenhos de carros. Foram projetados muitos automóveis importantes e elogiados como Alfa Romeo Brera (2002), Fiat Punto (2003), Fiat Palio (1996), Maserati 3200 GT (1998), Subaru SVX (1991), BMW Nazca (1991), Bugatti EB 118 (1998), Lamborghini Cala (1995), Volkswagen W12 (1997), entre outros.

Hoje com mais de 70 anos de vida e 50 de experiência profissional, Giugiaro é uma referência. Em 1999 foi eleito o Designer de Carros do Século. E essa é a apenas a história dele com os carros, pois também é designer de máquinas fotográficas, computadores, mobiliário e outros tipos de transportes.

 

Lamborghini Cala de 1995

Lamborghini Cala de 1995

Maserati 3200 GT de 1998

Maserati 3200 GT de 1998

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: