Skip to content

Personagem da semana: Tom Walkinshaw

17/05/2012
Tom Walkinshaw

Tom Walkinshaw

 

O escocês Tom Walkinshaw dedicou a vida toda ao automobilismo, tanto pilotando como gerenciando sua equipe. Sua carreira começou em 1968, como piloto dos MG Midgets, mas mudou-se logo para a Fórmula Ford escocesa, pilotando pela Lotus. Conquistou o título da categoria em 1969 e no ano seguinte foi para a Fórmula 3 britânica.

Em 1974, Tom estava se preparando para entrar na F5000 britânica, uma categoria criada para abrigar uma grande variedade de carros vindos de diferentes categorias de fórmulas. Seu carro era um Modus F3 transformado e melhorado, renomeado para Modus M5. Usando as sobras do antigo carro e um novo motor, surgiu o novo bólido, apto para disputar a categoria.

 

Modus M5 de 1975

Modus M5 de 1975

 

Apesar dos primeiros Modus M5 terem apresentado problemas nas corridas iniciais, o modelo apresentado para 1975 se saiu melhor, conseguindo um quarto lugar em Brands Hatch. Na corrida seguinte, em Zolder, uma forte batida destruiu completamente o carro. Walkinshaw precisou correr para conseguir um March usado e colocar nele seu motor modificado. Mesmo assim, os resultados continuaram ruins, motivando Tom a encerrar sua carreira na categoria ao final daquele ano.

Ao contrário dos resultados abaixo do esperado nas categorias de fórmulas, Tom conseguiu bons resultados em campeonatos de turismo, como seu título no British Touring Car Championship de 1974 pilotando um Ford Capri. Com isso, em 1976 fundou a TWR (Tom Walkinshaw Racing), sigla que foi muito temida e respeitada no automobilismo. Em 1984, conquistou o título do campeonato europeu de turismo, pilotando um TWR Jaguar XJS.

 

TWR Jaguar XJS

TWR Jaguar XJS

 

Mais um bom resultado foi obtido na famosa corrida australiana Bathurst 1000. O carro pilotado por Tom e Win Percy assegurou o terceiro lugar, enquanto que o dividido por John Gross e Armin Hahne venceu a prova. Com esse resultado, as portas se abriram para que a TWR comandasse o Jaguar Group C em 1986.

Esta foi a época na qual Tom Walkinshaw é mais lembrado. Entre 1986 e 1991, seus carros conquistaram 3 campeonatos mundiais e 2 vitórias nas 24h de LeMans. Vale lembrar que essa categoria era extremamente disputada, com Mercedes, Nissan, Mazda e Porsche brigando pelas primeiras posições com a TWR. Depois de seus feitos nas categorias de turismo, Tom retornou para os carros e fórmula em 1991, sendo chamado pela equipe Benetton de Fórmula 1 para ser o diretor de engenenharia. Depois dessa experiência, Walkinshaw comprou a Arrows e ficou no comando do time até 2002. Depois disso passou a gerenciar equipes no Australian Super V8 Series.

 

TWR Jaguar XJR9

TWR Jaguar XJR9

 

Tom Walkinshaw morreu em 2010, aos 64 anos, após lutar contra um câncer. Ninguém pode negar que sua vida inteira dedicada ao automobilismo não valeu a pena, pois conquistou títulos e campeonatos e entrou para a história ao dirigir uma das mais bem sucedidas equipes de carros de turismo de todos os tempos.

 

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: