Skip to content

Clássico da semana: Bugatti Type 57 Atlantic

25/09/2012
Bugatti Type 57 Atlantic

Bugatti Type 57 Atlantic

 

Não é de hoje que a Bugatti produz carros fantásticos, inesquecíveis e especiais. O post de hoje poderia ter outros nomes, como Super clássico da semana ou obra de arte da semana, pois o Type 57 Atlantic é um dos carros mais desejados e admirados de todos os tempos.

No meio da década de 1930, a fabricante estava tendo problemas financeiros por depender das vendas de carros pequenos e difíceis de dirigir, muito próximos aos carros de corrida. Com isso, criaram um nicho de mercado para carros esportivos de luxo, que continuam tendo alta performance, mas possuem uma dirigibilidade mais amigável para os motoristas normais.

 

Bugatti Type 57 Atlantic

Bugatti Type 57 Atlantic

 

Bugatti Type 57 Atlantic

Bugatti Type 57 Atlantic

 

Contruído sobre a base do Type 57 normal, o Atlantic teve apenas 4 unidades construídas. Com os 170 cv gerados pelo V8, o carro era capaz de chegar a 200km/h. Sua carroceria era feita de alumínio e possuía uma espécia de barbatana central que cruzava todo o carro e se tornou uma das marcas de seu desenho.

Na época do lançamento do Atlantic, em 1936, quem estava à frente da empresa era Jean Bugatti, filho de Ettore, o fundador. Por ser mais jovem e ativo, trouxe mais inovações e dinâmica ao negócio. Certamente teria continuado com o sucesso que conseguiu se não tivesse sofrido um acidente fatal enquanto testava um Type 57 de corrida em 1939. O teste aconteceu à noite em uma estrada devidamente fechada pela polícia. No entanto, um ciclista desavisado entrou na área reservada e Jean, ao desviar, perdeu o controle do carro e bateu violentamente em uma árvore.

 

Bugatti Type 57 Atlantic

Bugatti Type 57 Atlantic

 

O Bugatti Type 57 Atlantic representa a personalidade que a marca sempre almejou. Infelizmente, após a morte de Jean, não foram lançados novos modelos que causassem a mesma impressão. Essa carroceria especial foi uma criação dele, e apesar de não ter a mesma aerodinâmica de outros carros, conciliava de forma maravilhosa o streamline com os carros clássicos de corrida. Atualmente existem apenas 3 exemplares deste magnífico automóvel. Um deles chegou a ser vendido por mais de 30 milhões de dólares em um leilão de carros clássicos, o maior valor pago até então por um automóvel.

 

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: