Skip to content

Personagem da semana: Soichiro Honda

25/10/2012
Soichiro Honda

Soichiro Honda

 

Seria difícil imaginar a indústria de carros e motos sem a gigante Honda. Fabricante de vários componentes, a marca surgiu pelo esforço e pela dedicação do filho um ferreiro, que desde cedo buscou observar e aprender. Soichiro Honda ajudava seu pai na pequena oficina de conserto de bicicletas. Mesmo criança, ele já mostrava habilidade com máquinas.

Ele dizia que “o sucesso representa 1% do seu trabalho, e este, por sua vez, resulta dos 99% que chamamos de fracasso”. Certamente sua tentativas frustradas foram muitas, mas as acertadas foram tão boas que o caminho trilhado não teve volta. Aos 15 anos, quando terminou a escola, Soichiro começou a trabalhar como aprendiz de um mecânico de automóveis. Seis anos depois, em 1928, voltou para perto de casa e abriu sua própria oficina mecânica.

 

Bicicleta motorizada de Honda (1947)

Bicicleta motorizada de Honda (1947)

 

Em 1937, fundou a Tokai Seiki, que fornecia anéis de pistão para a Toyota. Durante a Segunda Guerra Mundial, sua pequena fábrica foi destruída parcialmente, levando à sua venda para a montadora japonesa em 1945. Com o dinheiro, Soichiro fundou a Honda Technical Research Institute no ano seguinte. Logo de início, começou a produzir pequenos motores que podiam ser acoplados em bicicletas. Em 1948, sua empresa, já com o nome de Honda Motor Company, passou a fabricar motos, transformando-se rapidamente em uma empresa multinacional de bilhões de dólares.

No final da década de 1950, a Honda abriu sua primeira loja no mercado norte-americano. Em pouco tempo ela conseguiu ultrapassar as famosas Triumph e Harley-Davidson em vendas. Este enorme sucesso com as motos, motivou a entrada da empresa no mercado automobilístico em 1963, com o T360 e o S500. A entrada da montadora no mercado norte-americano, em 1972,  com o Honda Civic, fez suas vendas explodirem. Em menos de 5 anos já tinham sido fabricadas mais de 375 mil unidades do carro, que se tornou o modelo mais difundido da marca, com 18 milhões de unidades vendidas até hoje.

 

Soichiro Honda com o protótipo Honda para a F1 (1963)

Soichiro Honda com o protótipo Honda para a F1 (1963)

 

A Honda se tornou sinônimo de qualidade e confiabilidade ao redor do mundo. A persistência e a dedicação deste japonês iniciaram e consolidaram a montadora como uma das maiores do mundo. Soichiro morreu em 1991, mas deixou sua marca seguramente estabelecida em todo o mundo.

 

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: