Skip to content

Personagem da semana: Jonathan Palmer

06/12/2012
Jonathan Palmer

Jonathan Palmer

 

Jonathan Palmer chegou à Fórmula 1 no início dos anos 1980 com status de futura estrela, mas não conseguiu demonstrar seu potencial real na categoria. No entanto, o automobilismo mundial não gira em torno apenas da Fórmula 1, como ele mesmo demonstrou, obtendo sucesso e diversas outras oportunidades.

Jonathan estudava medicina, quando resolveu seguir sua outra paixão e se tornar um piloto profissional. Foi direto para a Fórmula Ford, onde ficou de 1978 a 1980. No ano seguinte foi para a temida Fórmula 3 inglesa e sagrou-se campeão. Em 1983, repetiu a primeira colocação, mas dessa vez no campeonato europeu de Fórmula 2. Sua rápida evolução rendeu um teste com a Williams e sua estreia na F1 já no mesmo ano, pilotando no GP da Europa pelo time inglês.

Em 1984, foi contratado pela RAM e nos dois anos seguintes pilotou pela Zakspeed, conseguindo terminar várias corridas entre os 10 primeiros. Entre 1987 e 1989, Palmer foi piloto da Tyrrel, e apesar do bom desempenho nas duas primeiras temporadas pela equipe, foi superado pela sensação da temporada, Jean Alesi, em 1989. No final da temporada, passou a ser piloto de testes da McLaren e também ajudou no desenvolvimento do carro de rua mais rápido da época, o F1. Aliás, foi Jonathan Palmer que testou o carro na pista de Nardo, alcançando mais de 370 km/h e estabelecendo o recorde na ocasião.

 

Jonathan Palmer pilotando pela Zakspeed

Jonathan Palmer pilotando pela Zakspeed

 

Formula Palmer Audi

Formula Palmer Audi

 

Em 1991 ele chegou a correr pela Prodrive no campeonato inglês de turismo, mas seu compromisso com os negócios estava cada vez maior. Na função de empresário, criou a PalmerSport, que realiza eventos e cursos, criou uma Fórmula junior para formação de jovens chamada Formula Palmer Audi e junto com seus sócios, gerencia os circuitos de Brands Hatch, Outlon Park, Cadwell Park e Snetterton. Entre 1993 e 1996 foi também comentarista de Fórmula 1 da BBC.

Seu resultados positivos são muito mais expressivos como empresário do que como piloto, mas vale lembrar que Jonathan Palmer venceu os 1000 km de Brands Hatch e chegou em segundo lugar nas 24h de Le Mans em 1984. Talvez tenha sido o caso de um piloto certo na hora errada quando chegou na Fórmula 1, mas como empresário tornou-se uma referência de sucesso.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: