Skip to content

Clássico da semana: Jaguar XJ12

11/12/2012
tags: , , , , ,
Jaguar XJ12 de 1972

Jaguar XJ12 de 1972

 

A Jaguar possuía um maravilhoso motor V12, bastante suave, que acelerava como um avião. Em 1972, a marca decidiu ampliar o uso deste propulsor para o já famoso sedan XJ6. O resultado foi extraordinário: o mais popular sedan de 4 lugares equipado com esta configuração de motor.

Um ano antes, esta usina de força de 5.3 litros e 250 cv já era usada no E-Type. Sua instalação no XJ6, o Carro do Ano de 1968, elevou os padrões para os sedans da época, colocando refinamento e qualidade de rodagem em níveis nunca antes vistos. Apesar da grande diferença de desempenho entre o XJ6 e o XJ12, esteticamente mudava apenas o estilo da grade do radiador, que passava a ostentar também um pequeno “V” na parte superior.

 

Jaguar XJ12 de 1987

Jaguar XJ12 de 1987

 

Jaguar XJ12 de 1993

Jaguar XJ12 de 1993

 

A transmissão automática vinha de fábrica trazendo mais conforto e um alto consumo de combustível, na casa dos 4 km/l. Esta marca ficava ainda pior na versão com entre eixos mais longo, o XJ12L, que foi adicionado à linha em 1973. O luxuoso sedan era capaz de alcançar 160 km/h em menos de 20 segundos e 225 km/h de velocidade máxima. Infelizmente, as vendas do modelo sofreram com a crise energética de 1973/74. Em 1975, toda a linha recebeu uma leve reestilização.

Esta segunda série do XJ12 veio apenas com o entre eixos alongado e era identificada pelos pára-choques mais elevados. O motor recebeu melhorias e injeção eletrônica para chegar a 285 cv. Seu nome também foi alterado para XJ5.3, escondendo um pouco os 12 cilindros sedentos por combustível. Em 1979 foram introduzidas novas alterações a cargo do estúdio Pininfarina. Dois anos depois chegaram inovações para o motor, tornando-0 mais eficiente. Agora o consumo chegava a 6km/l.

Em 1986, passou a se chamar Jaguar XJ40, sendo que a partir de 1990 também era conhecido como Jaguar V12. Entre 1993 e 1996 o motor teve sua cilindrada aumentada para 6 litros e a potência chegou a 318 cv. Com esta configuração, alcançava 100 km/h em apenas 6,8 segundos e 250 km/h de máxima. Depois disso, deu lugar a um novo V8 da montadora inglesa. Nada como um belo Jaguar para alegrar o dia!

 

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: